Quem administra as despesas de um lar sabe que não é tarefa fácil: independentemente do tamanho do seu orçamento, quase sempre é preciso tirar dinheiro de um lugar para colocar em outro que seja mais urgente no momento. Para poder ter mais tranquilidade, é fundamental estar sempre encontrando novas maneiras de como economizar em casa. Pensando nisso, reunimos neste post os principais inimigos da economia doméstica e o que fazer para reduzir seus gastos com eles! Confira!

Como economizar em casa

1. Supermercado e compras

Ao comprar um produto de uso cotidiano, esteja sempre atento às promoções. Muitas vezes compensa levar uma marca menos conhecida, que tenha um preço mais baixo, mas qualidade similar.

É importante prezar pelo custo-benefício, e entender quais ofertas atendem às suas necessidades; por exemplo, se você adquirir um produto que raramente é usado em sua casa em promoções do tipo leve 3 pague 2, não estará fazendo economia, pois provavelmente acabará não usando as três unidades antes da data de validade.

Ao comprar algo fora do comum e de valor mais significativo, como um casaco ou uma mesa, pesquise o produto em diferentes lojas. Hoje em dia isso pode ser feito online em poucos minutos, e representar uma grande economia.

2. Desorganização

É muito importante fazer listas com tudo que precisa ser comprado a cada mês ou semana. Um dos melhores modos de como economizar em casa é evitar adquirir produtos que não são necessários no momento, e que podem acabar estragando sem serem consumidos.

Também é importante ter organização com seu dinheiro miúdo: não trate moedas e notas de R$2 como coisas sem valor! É fácil perdê-las por aí, portanto, guarde-as sempre no mesmo lugar; você verá que em poucas semanas o dinheiro juntado não será insignificante.

3. Eletrodomésticos

Além de sempre desligar aparelhos que não estejam em uso, é importante utilizar equipamentos mais sustentáveis. Ao comprar uma nova geladeira, micro-ondas ou ar condicionado, procure verificar e compreender sua classificação de consumo de energia.

e-book gratuitoPowered by Rock Convert

Também é fundamental consertar eletrodomésticos e aparelhos eletrônicos que se conectam na tomada sempre que houver alguma anormalidade, pois eles consomem mais energia elétrica quando danificados.

4. Conta de água e energia elétrica

Apesar de a conta de água ser um grande gasto, é fácil reduzi-lo fechando a torneira e o chuveiro quando não forem necessários, evitando lavar o quintal e a garagem com mangueira, e verificando se há vazamento nos canos.

Já a energia elétrica é a maior vilã do orçamento de sua casa, pois, mesmo desligando aparelhos que não estejam em uso, é inevitável tomar banhos quentes, usar o ar-condicionado e manter a geladeira sempre ligada, e estes gastam muita eletricidade.

Por isso, para realmente reduzir sua conta de luz, sem comprometer comodidades básicas como banhos quentes, a melhor solução é instalar placas de captação de energia solar (placas fotovoltaicas) em sua casa. O sol é uma fonte de energia barata, renovável, ecologicamente correta e abundante, principalmente em países de clima quente como o Brasil.

O processo para obter permissão e instalar não é complicado, mas deve ser feito por uma empresa especializada, que é o caso da Solarprime, que entrega o sistema completo para você já funcionando, sem precisar fazer mais nada.

Se você gostou de aprender como economizar em casa, tem algo a acrescentar ou alguma dúvida, deixe um comentário abaixo. Nós queremos saber o que você pensa!

Comments

comments