Como escolher o melhor inversor solar para seu projeto?

08/11/2022 | Energia Solar

Cansado de pagar contas de luz cada vez mais altas e, por isso, a energia solar parece ser uma excelente saída para você? Então você precisa conhecer qual é o melhor inversor solar para atender às suas necessidades e fazer um investimento seguro.

E você pode estar se perguntando no porquê de você ter de se preocupar com a escolha de inversores solares também conhecido como inversor fotovoltaico. O motivo é que eles são equipamentos fundamentais em um sistema fotovoltaico.

No texto abaixo, você confere as informações fundamentais para saber como escolher o melhor inversor solar!

O que é e como os inversores solares funcionam?

Os inversores solares são equipamentos que funcionam fazendo a conversão da corrente contínua (CC) em alternada (CA), a sincronização com a rede de geração de energia, bem como garantindo a segurança do sistema e medir a energia que é produzida nos painéis solares.

Qual importância de escolher o inversor solar ideal?

Optar por um inversor solar não indicado para o seu tipo de projeto ou fazer uma instalação inadequada são as causas mais comuns de problemas de geração de energia, incompatibilidades, reprovações de projetos ou falhas no momento de fazer a vistoria dos sistemas fotovoltaicos.

Quais são os tipos de inversores existentes?

Existem três tipos de inversores — on grid, off grid e híbrido —, confira as características de cada um nas linhas a seguir!

On grid

Também denominado inversor grid-tie, é o modelo mais usado no mundo, conectando um sistema fotovoltaico a uma rede de um imóvel. Ele é projetado para o rápido desligamento da rede elétrica se a energia “cair”.

Off grid

Esse tipo de inversor foi desenvolvido para os sistemas fotovoltaicos que são desconectados da rede elétrica, cujo modo de funcionamento se dá por sistemas que funcionam por meio de baterias. São muito úteis, por exemplo, em localidades em que não há acesso à rede elétrica.

Híbrido

Como o nome já anuncia, com o inversor solar híbrido você consegue operar conectado à rede e também de forma isolada. Ou seja, ele faz as funções do On grid e do Off grid, sendo os mais vantajosos na questão de funcionalidade.

Quais as dicas na escolha do melhor inversor solar?

A seguir, veja as melhores dicas para a sua escolha do melhor inversor solar!

Monofásico, bifásico ou trifásico

Entre estes três tipos de inversores, a escolha deve ser feita baseada na quantidade de aparelhos conectados à sua rede de energia fotovoltaica. Além disso, é importante que você saiba que determinados produtos funcionam apenas em um destes tipos de rede. Por isso é fundamental entender suas diferenças!

Monofásico

Aqui, a rede é formada por dois cabos: uma fase e um neutro. Sua potência varia de acordo com a concessionária de energia e a tensão máxima é de 127V. Sua potência limitada o faz ser mais usado em residências. Sua vantagem é a economia na conta no final do mês.

Bifásico

Neste caso, a rede tem três cabos, sendo duas fases e um neutro. A potência máxima também varia de acordo com a concessionária de energia, a depender da instalação. Sua utilização é comum em residências e comércios, devido à presença de equipamentos funcionando em 220V – principalmente em equipamentos como o chuveiro. Sua vantagem é o melhor equilíbrio das suas fases, evitando quedas de tensão.

Trifásico

O mais potente dos modelos é mais utilizado no meio industrial, tendo três fases e um neutro. Sua potência varia de acordo com a concessionária de energia, e tensões variando entre 127V, 220V e 380V. A depender dos tipos de aparelhos conectados, uma rede trifásica é capaz de comportar vários equipamentos conectados ao mesmo tempo.

Por fim, é essencial saber que é possível conectar um inversor monofásico nas redes bifásicas ou trifásicas. No entanto, não é possível conectar um inversor trifásico nas redes bifásicas ou monofásicas.

Quantidade de MPPT

Esta é uma função do inversor que rastreia de maneira constante o ponto do arranjo fotovoltaico com maior potência. Dessa forma, se o sistema tem arranjos com quantidades ou ângulos variados, é preciso usar inversores com múltiplos MPPTs. Para determinar a quantidade de MPPT requerida, é preciso saber quantas são as variações de exposição do sistema.

Durabilidade do inversor

Para que o valor investido em seu sistema fotovoltaico seja recuperado, é preciso que sejam instalados adequadamente e os outros componentes do sistema tenham boa qualidade para serem duráveis. Para isso, é importante ter presente três características:

  • local da instalação resistente à corrosão metálica (em áreas úmidas ou com maresia);
  • local de instalação respeitando o limite de temperatura da operação;
  • grau de proteção coerente com os equipamentos e local instalado.

Sinal de comunicação

O Wi-Fi é o sinal de comunicação mais comum. Ter conhecimento dessa informação é crucial na realização do monitoramento remoto do sistema fotovoltaico.

Marcas confiáveis

Por fim, na escolha do inversor ideal, é importante optar por marcas confiáveis, já consagradas no mercado e que sigam as referências da NBR IEC 60529. Isso é importante porque elas apresentam os melhores equipamentos para a montagem e instalação do seu projeto de energia solar.

Você pode contar, por exemplo, com a Solarprime. Oferecemos consultoria gratuita, feita sob medida para cada situação e com toda a transparência necessária. Dessa forma, em todas as fases do processo, você será informado com o máximo de detalhes sobre sua instalação, para alcançar o melhor entendimento e tomar a melhor de decisão para a sua escolha.

Nesse artigo, você conferiu as informações mais importantes a serem verificadas no momento de escolher o micro inversor para o seu projeto. É claro que uma empresa experiente fará uma avaliação no local, além de questionar a usabilidade dos painéis (incluindo a quantidade e potência dos equipamentos conectados à rede), visando decidir qual é o melhor inversor solar para a sua necessidade.

Agora, entre em contato conosco, e conheça as soluções da Solarprime para o seu projeto de energia fotovoltaica.