Tipos de franquias existentes no mercado - conheça os principais - Solarprime

Tipos de franquias existentes no mercado – conheça os principais

Tipos de franquias existentes no mercado – conheça os principais
Apesar dos altos e baixos constantes do mercado, o setor de franquias vai continuar em alta, seguindo a tendência dos últimos anos. Então, se você deixou passar a oportunidade de empreender porque estava preocupado com a instabilidade econômica, é hora de repensar e colocar o seu sonho em prática! Mas, para começar, é importante entender quais são os tipos de franquias. No post a seguir, veja por que você deve considerar a franquia e quais são os seus modelos. Saiba também dicas de como definir qual é o melhor para você e por que a Solarprime pode ser a sua opção ideal. Boa leitura!

Por que abrir uma franquia?

As franquias são modelos de negócios já consolidados no mercado, pautados na parceria entre franqueador e franqueado. No caso da empresa franqueadora, ela permite que outras pessoas façam parte da expansão de seu empreendimento. Já o franqueado reproduz no mercado o plano de negócios, pagando um valor compatível ao seu desenvolvimento e recebendo o retorno financeiro projetado. Por essa razão, empreender por meio de franquias é uma ótima ideia, pois você já conta com o modelo de administração e o nome de uma empresa consolidada. Além disso, passa a representar o negócio e contar com toda a infraestrutura e treinamentos planejados pelo franqueador. Dessa forma, seu negócio não parte do zero, mas já começa com grandes chances de crescimento. Para isso, no entanto, é importante saber quais são os tipos de franquias.

Quais são os tipos de franquia existentes?

No mundo do franchising, há diversos modelos de negócios, que podem se adaptar às diferentes condições financeiras e estruturais dos empreendedores. Aliás, uma mesma empresa pode contar com diferentes formas de atuação. Por isso, é muito importante conhecer quais são os tipos de franquias. Assim, você pode buscar um formato que atenda às suas necessidades e expectativas, além de saber as formas de expansão futuras, seja dentro daquela marca ou com outro tipo de franquia.

Franquia unitária

Esse é o modelo mais comum. O empresário permite que você abra uma unidade da empresa e tenha exclusividade para comercializar a marca em um local determinado por ele. É o caso de uma loja ou quiosque em shopping center, por exemplo.

Franquia Master

Um master franqueado é alguém que adquire o direito de representar determinada região, implantando mais de uma unidade. Nesse caso, as demais unidades podem ser administradas pelo franqueado ou terceirizadas. Para ter uma franquia master, é preciso fazer um investimento bem maior, mas o lucro é proporcional, já que o franqueado recebe um percentual de todo o faturamento da sua região.

Franquia de desenvolvimento de área

Nessa modalidade, a ideia também é que o franqueado fique responsável por uma região. É um modelo muito usado por empresas que querem fortalecer a sua marca nacional e internacionalmente. Ao adquirir uma franquia de desenvolvimento de área, o empreendedor se compromete a abrir certa quantidade de unidades em um período de tempo. Esse negócio também exige mais investimento e maior grau de maturidade do empresário.

Microfranquia

Esse modelo é um dos tipos de franquia mais interessantes e continua em crescimento. O principal atrativo é o baixo custo de investimento inicial. Por isso, se você está planejando iniciar a sua primeira franquia, essa pode ser a melhor opção! As microfranquias são investimentos abaixo de R$ 86 mil, sendo possível encontrar possibilidades a partir de R$ 22 mil. Entre suas maiores vantagens está o fato de um retorno do capital investido mais rápido, por elas serem de baixo custo. Além disso, a microfranquia permite mais liberdade para o franqueado, que pode moldá-la à sua rotina. Aliás, alguns modelos de negócios podem, inclusive, ser exercidos em casa. Nesse caso, o modelo home office é uma ótima opção para quem deseja empreender de forma simples e lucrativa. Afinal, as atividades, geralmente, são executadas pelo próprio franqueado, sem exigência de loja física. Outra vantagem é que você não precisa se preocupar com uma grande estruturação, com reforma e aluguel de espaço físico ou registro de funcionários.

Shop in shop

A franquia shop in shop, também chamada de business in, permite que o empresário instale um quiosque dentro do seu estabelecimento. Para isso, a intenção é comercializar produtos complementares aos que já são vendidos na loja. Por exemplo, uma loja de roupas que fica dentro das dependências de um hotel. Nesse tipo de situação, tanto a loja quanto o hotel oferecem a comodidade ao cliente, que poderá fazer suas compras onde está hospedado. Além desse, alguns outros exemplos são uma minifranquia de pizzaria instalada no interior de um supermercado ou uma de doces dentro de uma loja de brinquedos. Dessa forma, pode-se aproveitar o público interessado nos dois produtos, garantindo a ligação entre o mix de opções e promovendo um ROI interessante para as duas empresas.

Franquia de conversão

A modalidade de franquia conhecida como conversão pode ser usada por empresários que já têm algum negócio rodando, mas que queiram transformá-lo em uma franquia. Nesse caso, o principal benefício em se tornar um franqueado será usufruir de todas as vantagens que a parceria com um franqueador traz como:
  • padronização dos produtos ou serviços;
  • escalabilidade da operação;
  • poder da marca;
  • pesquisas já realizadas.
Um bom exemplo para ilustrar uma franquia de conversão é um empreendedor que tem uma lavanderia. Muitas vezes, ele pode encontrar dificuldades para competir com seus concorrentes de mercado. Nesse caso, ele pode escolher converter o seu negócio em uma franquia de lavanderia e, com os direitos de uso da marca, alavancar seu empreendimento com as ações de marketing planejadas pelo franqueador, para aumentar seu lucro.

Franquia combinada

Uma franquia combinada possibilita que o dono da empresa utilize um só ponto comercial para o estabelecimento de marcas distintas. Porém, é importante ressaltar que as condições para que esse tipo de franquia seja permitido ficam a cargo de cada um dos franqueadores. Nesse caso, a estratégia de negócio deve ser parecida com a franquia shop in shop, ou seja, as marcas que coexistirão no mesmo lugar deverão ser complementares nos produtos ou serviços que oferecem. Por exemplo, uma loja que vende equipamentos para a prática de esportes pode conter várias franquias diferentes que comercializem itens para cada modalidade esportiva. Assim, o franqueado terá a vantagem competitiva de trazer mais clientes para sua loja, reduzindo a sazonalidade e os custos operacionais.

Franquia social

A base da franquia social é não ter como objetivo a busca da lucratividade. Esse tipo de franquia é usado para distribuir serviços sociais sem fins lucrativos. Portanto, trata-se de uma maneira de utilizar as técnicas e procedimentos de franchising para o crescimento e réplica de um projeto social. Dessa forma, a diferença fundamental dessa franquia para os outros tipos é que seu foco sempre será a sustentabilidade e o crescimento do projeto em questão. Ou seja, nem o franqueador e nem o franqueado a utilizam com foco na obtenção de lucros.

Como escolher a franquia ideal?

Agora que você conhece quais são os tipos de franquias, é importante acompanhar as dicas para saber qual é a ideal para você.

Pense na área

O primeiro ponto para definir a franquia ideal é pensar no segmento do qual ela faz parte. Isso é importante porque você deve se identificar com o setor em questão. Por exemplo, não adianta abrir uma franquia Pet se você não gosta de animais de estimação e nem quer saber nada sobre eles. Ou então, abrir uma franquia de casas noturnas, se você não tem esse estilo de vida. Afinal, mesmo contando com colaboradores, você deve acompanhar de perto os resultados do negócio. Por isso, o mínimo é que você tenha interesse pelo segmento.

Considere a remuneração

Algumas franquias, tanto pelo tamanho quanto pelo poder da marca, têm altas perspectivas no mercado. Já outras, propõem lucros mais modestos, que podem crescer com o tempo. Sendo assim, você precisa buscar a franquia que atenda a remuneração que você busca. Nesse caso, é importante reforçar que franquias que faturam alto e são muito populares podem ter custos iniciais igualmente altos.

Observe as regras

Todo franqueador determina regras tanto para a instalação quanto funcionamento da franquia. Por isso, você deve segui-las, conforme contrato. Afinal, você está lidando com uma marca criada, que deve mostrar-se única perante o público.

Atente aos investimentos

O investimento em uma franquia não fica só nas taxas pagas ao franqueador. Afinal, você deve arcar com todos os custos de instalação. Mesmo em home office, por exemplo, você vai precisar de uma estrutura básica com computador e internet. Portanto, é preciso comparar as opções e seus custos totais, antes de se decidir.

Leia a Circular da Franquia

Todo franqueador deve oferecer para você a Circular da Franquia. Nesse documento, constam importantes detalhes, como os custos previstos, as regras que você deve cumprir e os contatos dos outros franqueados. É um dos documentos principais. Por isso, você deve lê-lo para ver se está de acordo com todos os ônus e bônus da franquia.

Por que escolher a Solarprime?

Você já deve ter ouvido falar como o setor de energia solar está em expansão, certo? Atualmente, contamos com mais de 500 mil sistemas de painéis fotovoltaicos instalados no país, participando de um mercado que já gerou mais de R$48,5 bilhões de investimentos privados, segundo a Absolar. Ou seja, há muita oportunidade de atuação para empresas que queiram aproveitar as vantagens do setor. Entre elas, destaca-se a Solarprime, como a maior rede de franquias de energia solar do Brasil. Com completa estrutura de apoio, você não precisa dominar o conhecimento sobre energia sustentável para fazer parte do setor. Afinal, damos todo o suporte para que você cresça: e o melhor de tudo é que, agora que você sabe quais são os tipos de franquias, pode encontrar algumas delas em nosso mix, como a home office, a business partner e in, além da sua própria loja premium Solarprime. Saber quais são os tipos de franquias e as vantagens de cada uma é essencial para aproveitar o crescimento do franchising e investir na sua independência. Assim, montar o próprio negócio fica mais fácil e vantajoso, quando você pode contar com o apoio de uma marca já consolidada. No segmento de energia solar, a Solarprime se destaca e pode ser sua parceira ideal nesse empreendimento. Quer iniciar uma parceria de sucesso? Seja um franqueado!
Related Posts
Leave a Reply

Your email address will not be published.Required fields are marked *