Assim como nas residências, o consumo de eletricidade representa boa parte dos gastos mensais em um ambiente de trabalho. Com as crises do setor energético e a demanda cada vez maior por energia, as tarifas sofrem inflação e a conta de luz tende a aumentar cada vez mais.

Além disso, com o esgotamento dos recursos naturais, a geração de energia elétrica por fontes usuais representa uma ameaça ao meio ambiente. Por isso, trouxemos neste texto algumas dicas importantes sobre como economizar energia no trabalho, contribuindo para a sustentabilidade e diminuindo os gastos. Boa leitura!

Troque equipamentos eletrônicos e lâmpadas

Uma forma simples de economizar energia no trabalho é optar por funcionalidades elétricas que sejam mais econômicas. Por isso, se os equipamentos e as lâmpadas da sua empresa não são assim, faça a substituição deles logo que for possível.

É importante optar por lâmpadas e equipamentos como computadores, condicionadores de ar, máquinas de xerox, entre outros, que possuam o selo Procel (Programa de Conservação de Energia Elétrica). Esse é um certificado que informa que o produto gasta menos energia elétrica que os similares.

Também vale a pena investir em eletrônicos que possuem a etiqueta de eficiência energética do Inmetro. Ela mostra qual o consumo e qual a eficiência energética do aparelho, variando entre A (mais eficiente) e G (menos eficiente).

As lâmpadas mais econômicas e eficientes são as de LED, que têm uma durabilidade de iluminação de cerca de 50 mil horas, enquanto as incandescentes e fluorescentes duram 1,2 mil e 8 mil horas, respectivamente.

Tome alguns cuidados com o ar condicionado

Como vivemos em um país tropical, o uso de condicionadores de ar em escritórios é necessário em boa parte do ano. Mesmo sendo um grande vilão da conta de luz, existem algumas medidas que podem ajudar na economia:

  • mantenha portas e janelas fechadas para evitar que o aparelho se sobrecarregue;
  • desligue-o meia hora antes do fim do expediente e no horário de almoço, a sala ainda ficará climatizada;
  • planeje bem a instalação para que o sol não incida sobre o equipamento e para que ele fique na parte mais alta, melhorando a sua eficácia.

Aproveite a luz solar

Com janelas amplas e lisas, evitando usar cortinas escuras do tipo blackout, é possível economizar energia no trabalho usando a luz solar para iluminar o ambiente na maior parte do expediente. Isso evita que seja necessário acionar todas as lâmpadas. As cortinas persianas podem, ainda, ajudar a controlar a luminosidade em dias de muito sol.

Invista em energia solar

Colocando em prática tudo o que foi citado, você terá uma diferença significativa na fatura energética, mas, ainda assim, estará dependente das variações das tarifas. Por isso, investir na produção própria de energia terá um impacto mais positivo nas contas da sua empresa.

Seguindo na direção das tendências mundiais, apostar em energias limpas e renováveis como a fotovoltaica, garante a manutenção dos recursos naturais, já que o sol é uma fonte praticamente inesgotável. Além disso, não há emissão de gases poluentes.

A produção dessa eletricidade se dá por meio captação dos raios solares pelos painéis fotovoltaicos, que poderão ser instalados na cobertura da sua empresa ou até mesmo no estacionamento. Apesar de ser um investimento relativamente alto, a compensação se dá a médio e longo prazo com o barateamento da conta de luz e com a longa vida útil dos equipamentos.

Agora você já sabe como economizar energia no trabalho de maneira prática! Seguindo essas dicas e instalando energia solar na sua empresa, os gastos internos serão menores.

Gostou deste conteúdo? Então continue no nosso blog e descubra 8 verdades e mitos sobre economia de energia!

Comments

comments