Aprenda agora como calcular o retorno financeiro de uma franquia - Solarprime

Aprenda agora como calcular o retorno financeiro de uma franquia

Aprenda agora como calcular o retorno financeiro de uma franquia

Para quem vê nas franquias uma ótima oportunidade de empreender, é preciso ter cautela quanto a alguns aspectos antes de escolhê-la. Nesse caso, além de se preparar para exercer uma boa gestão, é essencial descobrir se a franquia que está sendo analisada é rentável. Para isso, é imprescindível saber como calcular o retorno financeiro. 

No post a seguir, descubra o que é esse conceito tão importante e por que ele faz diferença para a franquia. Além disso, veja as variáveis que interferem na conta e como calcular. Por fim, descubra algumas dicas para melhorar esse rendimento. Boa leitura! 

A importância de calcular o retorno financeiro em uma franquia 

O retorno financeiro é um valor que indica em quanto tempo você conseguirá recuperar o capital inicial que colocou em um negócio. Ou seja, ele serve para definir se o negócio é rentável em curto e longo prazo. Nesse sentido, cada tipo de empreendimento tem a sua taxa de retorno, que varia conforme a natureza do investimento. No caso da franquia, saber calculá-la é ainda mais importante.  

Isso porque, diferentemente de negócios passivos e com taxas mais concretas, como ações, a franquia conta com muitas variáveis que podem interferir no rendimento e que devem ser consideradas no cálculo. Além disso, é algo que também envolve o tempo e o trabalho do empreendedor. Sendo assim, é importante conhecer cada aspecto para determinar no que é melhor investir. 

O retorno financeiro da franquia — quanto demora e como calcular 

Segundo a ABF, no relatório “Desempenho do Franchising Brasileiro” do 2º trimestre de 2021, neste ano, espera-se um aumento no faturamento das franquias de 8%, o que indica que o formato ainda é um bom investimento, considerando-se que os seus índices estão chegando próximos ao que eram antes da pandemia, significando uma forte recuperação. 

Contudo, para aproveitar o melhor das vantagens da franquia, é importante considerar a realidade do negócio. Ou seja, é necessário saber que toda franquia passa por um período de implementação, seguido de uma fase de equilíbrio e, então, de rentabilidade.  

Por isso, quem vai começar precisa considerar que as franquias, geralmente, apresentam um prazo de retorno de 36 meses, dependendo do tipo de negócio. Aliás, esse prazo pode ser maior ou menor, conforme as variáveis de mercado. Além disso, para o cálculo do retorno financeiro, consideram-se fatores muito importantes, como: 

  • o capital de giro, que é o montante que você precisa ter para que o negócio funcione por alguns meses;
  • o estoque, que é a quantidade mínima de produtos que você deve ter para começar;
  • a taxa de franquia, que é a taxa paga à franqueadora por pertencer à rede;
  • o ponto comercial e os equipamentos, que abarcam a compra ou o aluguel e as eventuais reformas para ter um ponto comercial, além dos equipamentos necessários;
  • os impostos, abrangendo taxas de toda natureza referentes aos encargos devidos ao governo; 
  • as contas básicas, como as despesas com água, luz, telefone, internet, limpeza e manutenção de equipamentos;
  • as despesas com funcionários, abarcando salários, benefícios, impostos e outras taxas;
  • os fornecedores, envolvendo despesas com fornecimento de matéria-prima ou com produtos para venda;
  • a publicidade, abrangendo gastos de divulgação da empresa em sua área de atuação;
  • os royalties da franquia, que representam o valor pago mensalmente pelo uso da marca e pelo know-how do negócio;
  • o seu salário, que é o quanto você pretende se pagar por trabalhar no negócio, considerando o valor correto do tempo e o trabalho realizado. 

Exemplo de cálculo 

Basicamente, o cálculo do retorno sobre o investimento pode ser obtido considerando determinadas variáveis, como o investimento e o lucro. Por exemplo, se você investiu R$ 500 mil para começar um negócio e tem um faturamento mensal de R$ 40 mil, com despesas mensais de R$ 20 mil, isso significa: 

Lucro: R$ 40.000 – R$ 20.000 = R$ 20.000 ou 50% de lucratividade.

Agora, para calcular o payback, consideram-se o valor do investimento e o lucro mensal: 

R$ 500.000 – 100% 

R$ 20.000 – X 

X= 4% do investimento recuperado por mês, o que resulta em 25 meses para recuperar o valor total. Ou seja, um retorno esperado, considerando a média de 36 meses. 

As dicas para melhorar o retorno financeiro da franquia 

Geralmente, no documento principal do negócio, a Circular de Oferta de Franquias, você recebe estimativas de lucratividade para fazer o cálculo do retorno financeiro.  

Contudo, é importante também tomar outras medidas para, além de assumir o empreendimento, buscar aumentar esse rendimento. Para isso, vale seguir algumas dicas. Veja abaixo!

Ter um plano 

Você já sabe o mínimo que deve ter de retorno financeiro para fazer o seu investimento valer a pena. Mas, para crescê-lo, dentro das normas da franquia, é importante desenvolver um bom plano que o permita aplicar estratégias diferentes, adequadas à sua região, para que o seu lucro seja aumentado.

Realizar uma boa gestão 

A gestão é o que pode fazer a diferença entre você começar uma franquia e crescer com ela e encerrá-la em poucos anos. Afinal, por mais que haja padrões, o seu sucesso dependerá do seu trabalho e do tempo que você investe no negócio. 

Portanto, aprender a gerenciá-lo é fundamental para ser bem-sucedido. Para isso, você pode ter como base os pilares do sucesso de uma franquia, além de estar atento a cada tipo de gestão. Por exemplo, o trabalho de administrar fornecedores exige ações diferentes daquele de gerir o pessoal. Portanto, é preciso que você entenda as particularidades de cada setor do seu negócio para tomar as melhores decisões. 

Buscar conhecimento 

Para ter uma franquia, não basta apenas entender como ela funciona e quais são os seus direitos e deveres. Além disso, é preciso ter familiaridade e interesse pelo setor. Portanto, mais do que escolher uma área de que se gosta, é importante acompanhar o mercado diariamente.  

Assim, você poderá perceber os rumos que ele está tomando e visualizar insights que possam inovar a sua empresa e proporcionar mais lucro. 

Escolher um bom segmento 

Outro fator que determina o seu retorno financeiro é o próprio segmento em que você escolhe atuar. Ou seja, apostar em áreas que estão crescendo e têm alta rentabilidade é uma forma de conseguir o payback mais rápido. 

Nesse caso, você pode apostar nas franquias de energia solar. Além de essa ser uma energia limpa, que atende às atuais necessidades de sustentabilidade do mundo, o setor está em amplo crescimento no Brasil e expande a cada ano, sendo previstos mais de R$ 13 bilhões de ganhos líquidos até 2035.

Portanto, quem procura um negócio com bom retorno financeiro sabe que as franquias são uma boa opção. Porém, antes de investir nesse formato e aproveitar as suas diversas oportunidades, é importante calcular o seu retorno. Além disso, é interessante seguir as nossas dicas para alcançar uma melhor rentabilidade, como investir em um segmento em expansão — por exemplo, a energia solar.

Ficou interessado nesse setor? Pois aprenda a calcular o ROI da energia solar e descobrir se esse é o investimento certo para você! 

Related Posts
Leave a Reply

Your email address will not be published.Required fields are marked *