Energia solar: vale a pena investir? Conheça 10 benefícios - Solarprime

Energia solar: vale a pena investir? Conheça 10 benefícios

Energia solar: vale a pena investir? Conheça 10 benefícios
Frequentemente, energia solar e economia estão relacionadas. Afinal, nada melhor do que usar uma fonte inesgotável como o sol para suprir as necessidades em casas e empresas. Sendo assim, o interesse por essa modalidade tem crescido cada vez mais. Porém, muitas pessoas ainda tem dúvidas se energia solar vale a pena, principalmente em relação ao grande investimento e retorno. No post a seguir, confira como ela funciona e descubra 10 vantagens que destacamos para você. Saiba também como ela ajuda a economizar, quando acontece o retorno e como funciona sua instalação. Por fim, saiba como escolher o sistema de energia mais rentável para você. Boa leitura!

O que é energia solar?

Como o nome já diz, a energia solar é a energia gerada pelo sol, que é captada para nosso uso. Ou seja, por meio de painéis solares e tecnologias, como a half cell, é possível criar um sistema que absorva a luz do sol em células fotovoltaicas. Nele, pelo movimento dos elétrons no módulo, surge uma corrente elétrica. Assim, depois de convertida pelo inversor, ela alcança a tensão ideal para ser usada naquele local. Não sendo um sistema tão complexo, já há algum tempo o interesse pela energia solar alcançou o Brasil e cresceu, tendo um significativo aumento no período dos últimos 10 anos. Segundo a Absolar, por exemplo, em 2012 os sistemas de geração distribuída e centralizada geravam cerca de 7 MW no país, sendo basicamente irrelevantes na produção de energia a nível nacional. Já em fevereiro de 2022, o cenário é bem diferente, pois são:
  • mais de 14 mil MW de potência instalada;
  • 66% de toda geração feita pelo sistema distribuído, como casas e apartamentos;
  • quase 900 mil sistemas implementados, sendo 77,1% residenciais.

Como funciona esse investimento?

Diante desse cenário, podemos notar como foi rápido o aumento de sistemas, algo que se deu por vários fatores, como o atual programa de compensação de energia. Nele, o seu sistema fotovoltaico pode ser ligado à rede elétrica e produzir normalmente com a luz do sol, energia que é utilizada para as demandas do local. Como não se usa a fonte tradicional elétrica e o excesso é aproveitado pela companhia, isso gera créditos que podem abater sua conta de luz. Aliás, ela continua a existir por causa da tarifa pelo sistema estar ligado à rede e também por haver uso dela em determinados períodos. Outra vantagem é que nesse sistema existem condições para produzir energia em diferentes locais. Por exemplo, desde que sob um mesmo CNPJ ou CPF, é possível instalar os painéis em diferentes terrenos e produzir, gerando créditos que podem abater uma ou mais contas dessa pessoa. Com isso, empresas, condomínios e até associações descobriram as vantagens de fazer esse investimento, dado que o custo-benefício da energia solar a médio prazo compensa, pois ela oferece vários benefícios. Dessa forma, mesmo com o Marco Legal da Lei 14.300 a tendência é continuar em alta.

Energia solar vale a pena?

A princípio, o investimento pode parecer alto, mas considerando todas as vantagens podemos concluir que a energia solar vale a pena. A seguir, conheça 10 de seus benefícios e descubra por que você deve ter o seu próprio sistema!

1. Disponibilidade

Um dos melhores motivos para se ter energia solar em sua casa ou empresa é que ela provém de uma fonte altamente disponível. Afinal, o sol é inesgotável. Só por isso, já haveria razão para optar por ela, mas no caso do Brasil, a vantagem é ainda melhor. Isso porque, estando em um país tropical, temos o benefício de contar com sol praticamente o ano todo e na maioria do país. Além disso, sua incidência é forte, pela proximidade com o Equador, dessa maneira o aproveitamento do sistema tende a ser melhor do que seria em um país da Europa, por exemplo. Outro aspecto importante quanto à disponibilidade é que os próprios sistemas fotovoltaicos estão mais acessíveis, o que também influencia na consideração de que a energia solar vale a pena. Isso porque além do interesse crescente, que incentiva a melhoria nos equipamentos e os tornam mais acessíveis em termos de preço, também surge o interesse de bancos e empresas em financiar esses projetos, possibilitando que as pessoas tenham essa solução em casa com melhores condições de pagamento.

2. Segurança

Um aspecto bastante importante do sistema fotovoltaico é sua segurança. Afinal, desde que corretamente instalado e manuseado por profissionais, ele não oferece riscos, podendo ser instalado em casa. É claro que, nesse sentido, é imprescindível que esteja fora do alcance de crianças e animais, em terrenos isolados ou mesmo no telhado. Além disso, é preciso desligar a energia para limpá-lo, por exemplo, mas de forma geral são equipamentos considerados seguros. Outro tipo de segurança que as famílias buscam está relacionada ao planejamento financeiro familiar. Nesse caso, o sistema também vale a pena, pois garante a proteção contra a inflação energética. Ou seja, produzindo sua própria energia, ainda que regulada pelo Marco Legal – com taxas que serão cobradas a partir dos próximos anos para sistemas novos -, você estará fora do risco da inflação nas tarifas de energia, que inclusive, é uma das razões de por que a energia solar vale a pena. Isso porque em períodos de crise energética, as bandeiras tarifárias oscilam conforme a disponibilidade de produção de energia. Sendo assim, as pessoas precisam lidar mês a mês com valores diferentes e, nem sempre, conseguem alterar seus padrões de consumo para pouparem o gasto, o que leva a altas contas de luz. Já com o sistema de painéis solares, você produz o que precisa e desconta créditos, pagando muito pouco e conseguindo controlar melhor os gastos, inclusive se programando para saber qual o melhor horário para economizar energia e usá-la quando for conveniente.

3. Pouca manutenção

O sistema fotovoltaico não é muito complexo, inclusive em sua manutenção. Afinal, sendo instalado corretamente, os cuidados relacionados a ele envolvem algumas práticas simples. Por exemplo, a limpeza, que pode ser feita de 4 em 4 meses ou 6 em 6 meses, dependendo da região e incidência de elementos, como poeira que pode interferir em sua eficiência. Quanto a reparos e checagem se está tudo funcionando como deve, o custo de uma visita profissional pode gerar em torno de 0,5% do investimento inicial. Ou seja, um valor relativamente baixo por ano, que varia conforme o tamanho do sistema e seu cuidado com ele. Com isso, é possível evitar importantes problemas apenas realizando a prevenção, daí a importância de ser feita por um profissional. Além disso, essa manutenção com bom custo-benefício também está relacionada ao próprio painel. Afinal, as placas de energia solar são desenvolvidas para terem alta resistência, suportando intempéries e podendo durar, pelo menos, 25 anos quando bem cuidadas.

4. Sustentabilidade

Muito se fala atualmente sobre soluções sustentáveis. Aliás, mesmo marcas pequenas são cobradas por suas ações pelos clientes, o que faz com que algumas tomem medidas visando o bom relacionamento com o consumidor. Nesse caso, o uso de sistemas fotovoltaicos atende a essa questão de marketing, mas vai além. Isso porque, de fato, é possível economizar dinheiro instalando os painéis, o que resulta em menos custos de funcionamento da organização, seja ela uma loja ou uma indústria. Além disso, em termos ecológicos, a fonte renovável faz diferença. Por exemplo, ainda conforme dados da Absolar, mais de 19,6 milhões de toneladas de CO² já foram evitadas com o uso dos painéis, o que novamente confirma como a energia solar vale a pena. Assim, considerando o uso tanto comercial quanto residencial, além de outras modalidades, o impacto no meio ambiente relacionado à produção de energia pode ser altamente reduzido, especialmente com a participação de pessoas comuns, em seu próprio dia a dia e desde suas casas. Relacionado a isso, também existem outras vantagens como o silêncio do sistema, que evita a poluição sonora e é perfeitamente adequado pra uso na cidade, hospitais e outras instalações.

5. Rápida instalação

A parte prática da instalação em si é uma grande vantagem, pois é bastante rápida. Ou seja, com todas as autorizações e dependendo do tamanho do sistema, o trabalho pode ser feito em torno de 2 a 3 dias. Afinal, consiste em seguir um projeto já determinado e instalar os painéis por uma equipe especializada. Assim, você consegue mais rapidamente começar a aproveitar as vantagens da energia solar. Outra vantagem nesse sentido é a adaptabilidade do sistema. Afinal, as placas solares podem ser postas tanto no solo quanto no telhado, dependendo da estrutura que se tem disponível e o tamanho do sistema. Inclusive, em apartamentos, por exemplo, elas podem figurar em fachadas e varandas, conforme as leis do condomínio.

6. Viabilidade financeira

Em 2012, quando a energia solar começou a se expandir no Brasil, era difícil para muitas pessoas adotarem a tecnologia para suas casas. Afinal, o acesso a essa solução não era tão viável. Hoje, porém, com novas tecnologias e popularização, torna-se fácil financiar o seu projeto de energia solar. Nesse sentido, além de bancos e empresas oferecerem soluções, como dissemos, a energia solar tornou-se um produto interessante, inclusive para modalidades de consórcio, como seria com uma casa ou um carro. Nela, é possível pagar prestações mais acessíveis e, conforme os sorteios, todos podem ser contemplados, aproveitando as vantagens da energia solar mesmo depois do pagamento total. Afinal, esse investimento pode durar décadas, o que faz com que seu payback seja em torno de 4 a 7 anos, dependendo do tamanho do sistema e conforme as condições de pagamento acordadas. Assim, ainda sobram, no mínimo, 18 anos de lucro para uso do sistema.

7. Economia

A média geral de economia em uma conta de luz, quando se usa a energia solar, é de 95%. Sendo assim, contas que partem de valores de R$300 já podem sentir uma grande diferença com a produção própria de energia. Sendo assim, um exemplo prático de retorno de investimento seria: Investimento em painéis: R$15 mil Consumo de energia: 350 kWh/mês Preço do kWh: 0,69 kWh Valor da conta de energia: R$241,50 Economia na conta de 95%: R$229,42 Média de economia ao ano: R$229,42 x 12 meses = R$2.753,04 Payback: R$15 mil/R$2.753,04 = 5 anos

8. Valorização do imóvel

Uma vantagem que muitas pessoas não se lembram, na hora de analisar se energia solar vale a pena, é a valorização do imóvel. Contudo, ela é essencial. Afinal, em um mundo cada vez mais sustentável, muitos compradores conscientes procuram por soluções ecológicas em suas casas. Inclusive, usar energia renovável faz parte das projeções de casas do futuro. Outro aspecto é o próprio interesse em aproveitar os benefícios da energia solar, sem ter que fazer todo o processo de instalação própria. Sendo assim, quem investe na instalação de painéis para alugar sua casa ou vendê-la depois, pode ter a certeza de que o valor final do imóvel será ainda melhor. Mas se a sua decisão é não deixar as peças do sistema para outra pessoa usar, a solução é bem simples. Afinal, sendo facilmente instalados e desinstalados, é possível levar os painéis para outro lugar, caso você se mude.

9. Uso em mais de um imóvel

A facilidade em poder contar com o autoconsumo remoto é uma grande vantagem da instalação de energia solar no Brasil. Afinal, nem todas as pessoas dispõem de espaço ou estrutura em casa para seu projeto, especialmente se mora em uma residência alugada ou apartamento que não permite projetos individuais de energia. Sendo assim, a pessoa não precisa ficar de fora, bastando fazer a instalação em outra propriedade sob seu nome. Por exemplo, se você vai fazer o projeto em sua empresa e gera excedentes de energia, pode escolher abater os créditos também na conta de luz de sua casa. Já uma associação de vizinhos pode comprar ou alugar um terreno e criar seu próprio parque solar, instalando os painéis necessários para que se gere créditos que serão abatidos nas respectivas residências. Outro exemplo são as fazendas, que também oferecem muito mais espaço para a instalação de painéis solares, garantindo o uso de créditos para a pessoa, desde que a propriedade pertença à mesma cidade.

10. Geração de empregos e negócios

Um benefício mais amplo do uso de energia solar é a questão da geração de empregos. Afinal, desde 2012, de acordo com os dados da Absolar, foram gerados mais de 420 mil empregos no setor. Ou seja, além de beneficiar as pessoas individualmente, o mercado aquecido de energia solar também oferece oportunidades. Pensando nisso, quem procura um negócio para investir também encontra na energia solar uma ótima opção. Afinal, é possível trabalhar de diferentes formas. Por exemplo, você pode realizar manutenções e instalações. Outra opção é investir no mercado de ações do setor. Por sua vez, uma alternativa ainda mais rentável e segura é optar pelas franquias.

Como ajuda a economizar?

Os painéis ajudam a economizar em toda a casa. Por exemplo, pode servir tanto para atender ao uso comum, com eletrodomésticos, quanto com projetos específicos, como no caso do jardim com iluminação solar. Já em fábricas e fazendas, o sistema pode até não cobrir todos os gastos, dependendo de quanto você adote, mas com certeza, qualquer painel usado já permite o desconto na conta de luz e a redução de custos da empresa.

Quando o retorno financeiro é percebido?

O retorno financeiro do sistema fotovoltaico é percebido logo que é ligado à rede, diretamente na conta de luz. Por isso, a energia solar vale a pena. Afinal, não depende de fatores econômicos e de mercado, como outros tipos de investimentos; nem envolve meses de espera até poder usar o dinheiro. Ou seja, constatando a economia de créditos na conta, o valor que seria usado para pagá-la já pode ser colocado em outra necessidade.

Como é feita a instalação?

A instalação do painel fotovoltaico é muito fácil, pois não depende de nenhuma reforma elétrica de grande porte. Ou seja, somente é necessário instalar os componentes do sistema e adequar a rede elétrica, caso seja preciso. Sendo assim, o primeiro passo é fazer a constatação de quanto se consome naquela residência, para que seja determinado o sistema ideal. Nesse caso, a conta deve ser feita por uma empresa especializada em energia solar, a fim de determinar os painéis corretamente. Além disso, analisa-se o terreno ideal para a instalação, considerando fatores importantes como a incidência da luz do sol e o sombreamento. Dessa forma, pode-se alcançar o máximo de produtividade. Posteriormente, ocorre o orçamento, a etapa de licenciamento junto à rede e a instalação em si. Nessa etapa, depois da fixação das placas e conexão dos cabos, ocorre a etapa importante de conectá-las ao inversor na rede elétrica, responsável por adequar a corrente à tensão, fazendo a conexão com a rede da concessionária.

Como é produzida em dias de chuva, nublados e à noite?

Muitas pessoas pensam “Ah, mas será que energia solar vale a pena, se não funciona à noite?” e é importante que se entenda bem sobre isso. Sim, à noite, como não há sol, não há produção de eletricidade. Por essa razão, os sistemas on-grid são ligados a uma rede tradicional. Assim, você poderá ter acesso à energia e atender suas necessidades sem precisar de uma bateria, como no sistema off-grid. Contudo, considerando que à noite o uso tende a ser menor, o sistema acaba atendendo a casa ou empresa nos momentos mais importantes, que é ao longo do dia, quando as pessoas usam todos os ambientes, trabalham e, claro, não estão dormindo. Já em relação aos dias de chuva e nublados, mesmo estando escondido, o sol continua presente e enviando seus raios para a Terra. Sendo assim, a incidência pode ser menor, porém continua acontecendo. Dessa forma, com qualquer tempo a energia solar vale a pena. Aliás, esse é um fator importante na hora da instalação, pois dependendo da cidade, deve-se considerar que no inverno a incidência é menor. Portanto, saber escolher o local exato, que possa captar o máximo de luz do sol é fundamental, especialmente em cidades de serra, que constantemente têm neblina e garoa.

Como escolher o sistema de energia solar?

Agora que você sabe que energia solar vale a pena, é importante saber escolher o sistema que melhor possa atender você. Para isso, tudo começa com uma boa empresa. Nesse caso, é preciso atenção. Afinal, além de garantir componentes e placas de qualidade, sem falar na instalação correta, é importante que a empresa ofereça suporte e saiba realizar toda a homologação para que a sua rede esteja nos padrões adequados para aproveitar o sistema de créditos. Por essas razões, você pode contar com a Solarprime. Com presença nos 26 estados mais o Distrito Federal, somos a maior rede de franquias de energia solar e atendemos tanto o seu projeto individual, quanto oferecemos possibilidades para você entrar no mercado de energia renovável e ter sua própria franquia. Aliás, já contamos com mais de 400 unidades por todo o país, que atendem a diversos tipos de projetos, como:
  • residencial;
  • rural;
  • industrial;
  • governamental;
  • comercial.
Outro ponto forte é nossa especialização. Afinal, são mais de 100 engenheiros homologados nas principais concessionárias de energia elétrica do país, para garantir não só a segurança do seu projeto, como também a regularização, instalação e manutenção. Assim, você diminui a sua conta de luz e tem a certeza e tranquilidade de que seu investimento de energia solar vale a pena agora, e vai valer mais no futuro. O crescimento do mercado de energia solar nos últimos dez anos tem sido notável. Impulsionado por um maior acesso a equipamentos, além do interesse pela sustentabilidade a as drásticas mudanças na conta de luz, cada vez mais pessoas procuram essa solução para suas casas e empresas. Para isso, é importante conhecer todas as etapas e vantagens da energia solar, além de escolher a empresa certa, como a Solarprime, que garante a qualidade do seu sistema para você ter certeza de que investir em energia solar vale a pena. Gostou do artigo e quer saber como a Solarprime pode ajudar você a poupar energia agora e no futuro? Fale com a gente!
Related Posts
Leave a Reply

Your email address will not be published.Required fields are marked *